5 de fevereiro de 2012

De Mochila pela Romênia - Parte I: Muntênia e Oltenia!

08/10/2011 to 15/10/2011

Muntênia: Buzau, Bucharest, Curtea de Arges e Vidraru Baraj

Sempre quis visitar a Romênia para conhecer a região da Transilvânia e confesso que até então, para mim, a Transilvânia era uma cidade e não uma região. Mas tudo bem, já consertei esse meu defeito geográfico...

O que me levou até lá foi algo diferente. Fui convidada para um casamento romeno e de que quebra consegui viajar por três regiões do país: Muntênia, Oltenia e a famosa Transilvânia.

Eu separei o post em duas partes para não ficar tão longo -  quer dizer, mais longo do que sempre fica... ¬¬

A Romênia é um país que ainda passa por dificuldades pós regime militar, mas eu imaginei que a situação do país fosse "precária", mas não é. Percebi que nas menores cidades a situação financeira não é boa, mas conseguem sobreviver com o que tem.

Fiquei uma semana na Romênia. Saí de Dublin para Bucharest através da Blueair, uma cia aérea de baixo custo e com exigências piores do que a Ryanair. A bagagem de mão tem que ter no máximo 7kg e ser minúscula!

O mais interessante foi que, ao chegar no aeroporto de Bucharest, como procedimento normal, fui até a imigração. Quando o atendente me pediu o passaporte e viu que eu sou brasileira, ele começou a falar em português comigo! Fiquei bege, adorei!! :D

O foco principal da viagem foi o casamento e a viagem até a Transilvania, passando por outras regiões. Sendo assim, desta vez não tive tempo de conhecer a capital Bucharest e a cidade de Buzau, onde foi o casamento.

A religião predominante na Romênia é a Ortodoxia e foi a primeira vez que assisti um casamento e visitei uma igreja da religião.

Na verdade não sou religiosa, mas por curiosidade, assisti o casamento como faria em qualquer outra religião.

Eles usam cantos gregorianos durante toda a cerimônia e é bem diferente dos casamentos que estou acostumada a assistir.

O que achei mais interessante foi a festa. Não por comer e beber, mas sim pela tradição que eles mantém. Não temos no Brasil algo tradicional em casamentos, aniversários, até mesmo porque o povo brasileiro é miscigenado e por isso temos um mix cultural, ou seja, o Brasil tem muitas caras para manter uma só tradição.

Eu achei super interessante a festa. TODOS sabem dançar! Da criança ao idoso, várias músicas, vários passos de dança, eu simplesmente adorei! Até eu caí na dança! Foi um terror me ver dançar, mas me diverti muito!
Por enquanto esta é a única foto que eu tenho do casamento, em breve postarei mais!

Ah! E a festa dura dois dias! Começa pela manhã com o casamento no cartório - uma comemoração mais familiar -, a noite o casamento na igreja, a festa em algum salão - que vai até as 06h da manhã - e para finalizar, o almoço no dia seguinte. Mais de 24h de festa!

Depois de curtir um mega casamento, foi a vez de organizar as coisas para viajar!

Saímos de carro da cidade de Buzau com destino a Curtea de Arges. O principal objetivo era conhecer um dos castelos mais antigos que abrigou o Conde Drácula, o Poenari Castle.

Foi nessa área que Conde Vlad nasceu e foi capturado por Turcos e levado ao Bran Castle, onde toda a lenda do vampiro nasceu.

Quando estávamos nos aproximando do Poenari Castle o cenário da Romênia começou a mudar, era montanhas por todo o lado!

O Poenari Castle se resume em incrível e cansativo. Para chegar até o castelo é preciso subir 1480 degraus!

Ainda bem que a paisagem e nossos guias nos ajudaram! - nossos guias foram cachorros...




Esse é o mapa das escadas! A flecha indica onde estávamos, mas começamos na estrada abaixo e nosso ponto final era só o castelo, acima no mapa... Estou com uma roupa diferente em cada foto, o calor que senti ao subir as escadas foi maior do que a baixa temperatura ambiente!




Nosso guia, o Totó!!!!
Sobraram somente algumas paredes do Poenari Castle, mas valeu a pena subir até lá e não só por estar de frente com mais um lugar histórico, mas também pela bela vista!











Essa é a Carpati Montain, inexplicável beleza! Essa é a melhor foto de toda a viagem - minha opinião.

Nos despedimos dos nossos amigos caninos e seguimos viagem. Nossa próxima parada foi a gigantesca Vidraru Baraj, localizada logo atrás da Carpati Montain.



E isso foi o mais próximo que eu cheguei da neve durante a viagem... ¬¬
Depois da Vidraru Baraj, entramos no carro e seguimos viagem através da região da Ontenia!

Oltenia: Targu Jiu e Petrosani

Fizemos apenas uma rápida parada na cidade de Targu Jiu, queríamos visitar um parque com algumas esculturas gigantescas, mas para chegar até lá teríamos que desviar muito do nosso caminho. Paramos apenas para visitar a Coluna Infinita, uma das esculturas que estava em um parque mais próximo.

Vista de baixo para cima, da-se a impressão de ser infinita, por isso o nome...

Depois de algumas fotos no parque, paramos na cidade de Petrosani para dormir e no dia seguinte seguimos viagem a tão esperada região da Transilvânia!

(Para ler sobre a região, é só clicar em De Mochila pela Romênia Parte II - Transilvânia!)

Muntênia: Buzau

De volta a cidade de Buzau, tiramos um tempo para conhecer a família do Ionut.

(fotos em breve...)
Visitamos também o maior ponto turístico da cidade, o Vulcanii Noroiosi, um vulcão de lama e gás metano, único na região. A paisagem até chegar no vulcão é linda, como toda a paisagem da Romênia!











Ao visitar a Romênia, não se prendam apenas a região da Transilvânia, explorem outras regiões também!

Fica a dica!

3 comentários:

  1. lindas fotos....a akelas larvas da para trazer um pouco para passar na minha pele kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Lugares incríveis Viviane.
    Já te falei que fico morrendo de inveja a cada postagem sua né?
    Se eu conhecer a metade dos lugares que vc conheceu eu já vou embora feliz...rs.
    Bjs
    Rosa a Mello

    ResponderExcluir
  3. Hehehe, pois você vai conhecer sim e não vai se arrepender! :D

    Obrigada!!!

    Bjos

    ResponderExcluir